19 de junho de 2018

A Importância do Manual de Identidade Visual

0 Flares 0 Flares ×

Texto por: Isabella Ambrósio – Graduada em Design

A identidade visual de uma empresa, instituição, produto ou serviço é desenvolvida baseada em conceitos como o plano estratégico e o público-alvo, por exemplo. Uma imagem corporativa forte pressupõe uniformidade e coerência de comunicação, o que, na prática, significa ter elementos de identificação muito bem definidos e que se apresentem de forma harmônica e padronizada.

Uma grande quantidade de elementos compõe uma marca ou logo (cores, formas, tipografias, espaçamentos, tamanhos etc.), e todos eles devem conversar entre si, perpetuando a identidade do negócio em questão. Existem, também, diferentes situações, mídias e suportes nos quais uma marca pode ser aplicada.

O Manual de Identidade Visual é um documento, composto de diretrizes e normas de utilização de uma marca. Ele tem como objetivo orientar e facilitar a aplicação correta dos elementos, minimizando erros, evitando gastos com materiais e ações desnecessárias, e corroborando a credibilidade de um negócio. Esta padronização estipulada pelo manual ainda proporciona uma melhor visualização do negócio, resultando, com certeza, na assimilação e fixação mais objetivas do público-alvo.

O conteúdo do manual varia de acordo com as especificações de cada empresa. De maneira generalizada, ele traz: apresentação e conceituação do logo; especificações de cores, tipografias e espaçamentos; variações cromáticas; aplicações em diferentes suportes e determinação de usos incorretos. O essencial, nesse caso, é se preocupar com a importância e qualidade das informações, apresentando referências que certificarão a aplicação correta da marca.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×