fbpx

5 de dezembro de 2016

RESOLVA SAIR ANTES DA CRISE!

0 Flares 0 Flares ×

Fãs da série televisiva e dos filmes hollywoodianos da franquia Star Trek já estão bastante acostumados com as viagens espaciais a distâncias astronômicas usando a “velocidade de dobra”.
Agora, o mais instigante e fantástico sobre isto é que sabemos não se tratar apenas de ficção científica, principalmente quando lemos a espetacular obra O Universo numa Casca de Noz, do renomado físico britânico Stephen Hawking.
Não vamos entrar em minúcias e detalhes, mas essa teoria afirma que é possível viajar a distâncias inimagináveis e que poderiam consumir milênios com a tecnologia atual, gastando-se apenas meses, semanas, ou dias!

Voltando ao planeta Terra, estamos concluindo 2016 e a pergunta que faço é: Você já resolveu sair antes da crise?
“Como assim? Isso nem sempre depende de mim!”, você poderia alegar.

Será? Pergunto eu.

Já toquei nesse tema em postagens anteriores e volto a afirmar: nem tudo que chamamos de crise, realmente o é.
Mas, mesmo chamando da maneira como você preferir, essa situação de embaraço, retenções e indefinições não pode servir como desculpa, porque essas “muletas” geralmente se apoiam em areia movediça e o prudente nesses momentos é fugir desse tipo de armadilhas, buscar contornar a situação.
Como? Uma dos caminhos é pelas vias da autorresponsabilização. Faça-se a pergunta: “O que eu e somente eu posso fazer para mudar essa ordem de coisas?”. Sim, existem situações sobre as quais você tem poder e intervenções que você pode realizar.

Outras perguntas importantes seriam: “O que ganhei e o que perdi em 2016?”
Entretanto tenha cuidado, porque há outras duas perguntas ocultas por detrás dessas: o que são ganhos e o que são perdas. Definitivamente, ganhos e perdas não se restringem a números frios em relatórios, nem a meras entradas e saídas. Essa seria uma visão míope do cenário.

Então como você deve agir nessas casos?
O Coaching dispõe de ferramentas adequadas para atuar tanto com a autorresponsabilização, quanto com ganhos e perdas em cenários diversos.

“Mas, espere, o que Star Trek tem a ver com tudo isto?”, você perguntaria.

Claro, respondo: faça contato e venha descobrir como fazer essa dobra no espaço-tempo do universo corporativo.

Zauber Melo
Coach e Sócio-diretor
Garden Consultoria e Marketing

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×