20 de abril de 2015

Razão x Emoção

0 Flares 0 Flares ×

A Finlândia possui um modelo bem-sucedido de educação, com reconhecimento mundial. Recentemente foi veiculada notícia de que, a partir de 2016, aquele país adotará um diferenciado foco sobre a aplicação transversal de competências, baseadas em práticas colaborativas dentro de sala de aula, nas quais alunos serão orientados simultaneamente por vários professores, durante períodos de estudos.

O modelo de ensino fragmentado em disciplinas estanques, como vemos hoje no Brasil e em boa parte do mundo, nem sempre existiu no passado da forma como o conhecemos hoje.

O filósofo, físico e matemático francês, René Descartes, tinha a concepção de natureza dividida por dois domínios independentes e separados: o da mente e o da matéria.

O advento da Revolução Industrial, em meados de século XIX, recheado de bases cartesianas, deu origem à fragmentação dos processos industriais. As forças econômicas de então, ávidas por uma educação que formasse profissionais para esse modelo de produção, impulsionaram a criação de currículos também separados por disciplinas.

Em nosso modelo econômico, o que afeta os meios de produção afeta a educação e vice-versa.

É bem provável que essa dualidade mente/objeto tenha influenciado a adoção por nós de uma outra dualidade: emoção/razão. Mais ainda, tenha colocado seus elementos em uma quase contraposição: emoção versus razão.

A questão que vem à mente do leitor pode ser: e o que tem isso a ver comigo, empreendedor? Tem muita coisa a ver.

Todos sentimos na pele o peso que emoção e razão têm nos processos decisórios de compra e venda (seja de produtos/serviços, seja de ideias), nos relacionamentos comerciais com clientes e no trato com empregados e parceiros.

Como coadunar esses elementos, a fim de que sejam uma dualidade complementar e não uma contraposição? Que postura adotar para que ambos trabalhem a nosso favor?

A resposta a essa e a outras perguntas, advindas do tema, está aqui, na Garden. Consulte nosso Coach, agendando uma visita sem compromisso.

Zauber Melo Coach e Sócio-Diretor Garden Consultoria e Marketing

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×